GABRIELA CARNEIRO DA CUNHA | SÃO PAULO

Espetáculo: “Altamira 2042”

Workshop: Encontro das águas. Encontro dos corpos.

Ministrante: Gabriela Carneiro da Cunha

Dia: 15 e 16 de junho | 09:30h às 13:30h | CCBB Sala 26  

Nº de participantes: 20 pessoas

Público-alvo: Mulheres, ou quem assim se perceba, que tenham desejo de firmar uma aliança com as águas e rios do Brasil.

Sinopse do Workshop: Neste workshop iremos trabalhar a partir de dois registros fotográficos que, estáticos, parecem se tratar do mesmo evento, mas que em movimento revelam as singularidades de dois acontecimentos radicalmente diversos: o encontro das águas entre os Rios Amazonas e Tapajós, e o mal encontro das águas entre o Rio Doce, pós desastre de Mariana, e o mar.

Mini currículo:
Gabriela Carneiro da Cunha é atriz, diretora e pesquisadora formada em artes cênicas pela Casa das Artes de Laranjeiras/CAL. Em sua trajetória no teatro já trabalhou com diretores como Felipe Vidal, Ivan Sugahara, Celina Sodré, Isaac Bernart, Pedro Brício, Diego de Angeli, Georgette Fadel e Ariane Mnouchkine. No cinema atuou como atriz e roteirista. É a idealizadora do projeto Margens – sobre rios, crocodilos e vagalumes que, em 2015, estreou sua primeira etapa com a peça Guerrilheiras ou Para a Terra Não Há Desaparecidos, com direção de Georgette Fadel. Esta segunda etapa sobre o Xingu foi selecionada com a bolsa Faperj de Estímulo a Pesquisa e a Criação Artística e pela Bolsa Funarte de formação artística e pela residência Artsônica do Oi Futuro. No total serão contemplados quatro rios: Araguaia, Xingu, São Francisco e Rio Doce.